Blog

Dicas para voltar aos treinos após o isolamento

Comartilhe!
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Depois de meses em quarentena, várias cidades do Brasil começaram a retomar aos poucos as atividades. Academias e parques estão reabrindo e, com isso, muitas pessoas já voltaram ou planejam retornar à rotina normal de treinos. Porém, isso exige cuidado pois após tanto tempo parado – ou mesmo fazendo exercícios em casa – é natural que tenha ocorrido redução do nível de condicionamento.

Não existe uma receita para este retorno e tudo vai depender de como foram seus hábitos durante o isolamento. De maneira geral, o indicado nesse momento é retornar aos treinos de forma gradual, reiniciando os exercícios com uma intensidade ou carga menor do que estava acostumado antes da quarentena, para que o corpo possa se readaptar.

Apesar de o treino em casa com peso do corpo ser capaz de promover um bom ganho de força, nos exercícios com barras, halteres e aparelhos, o estímulo é diferente – muda a postura, o apoio, a pegada, a carga etc. É justamente por isso que é importante “voltar alguns estágios” no treino ao retornar à academia, não precisa voltar a carga zero (como se fosse uma pessoa sedentária), mas é indicado diminuir cerca de 30% da carga.

É importante lembrar que cada corpo é único e a diminuição da carga e intensidade varia de pessoa para pessoa. Portanto, o melhor nesse momento é contar com a orientação de um profissional de educação física para ajustar a rotina de exercícios.

Veja algumas dicas que podem te ajudar:

  • Diminua o volume do treino (número de exercícios).
  • Inicialmente, não se preocupe com grupos musculares pequenos e dê preferência para movimentos multiarticulares, que trabalham vários músculos ao mesmo tempo. Por exemplo: em vez de fazer cadeira extensora, que trabalha só quadríceps, realize agachamento, que além do quadríceps recruta posteriores da coxa, glúteos e panturrilha.
  • Capriche no aquecimento e invista em exercícios de mobilidade, que ajudam a reduzir o risco de lesões.
  • Evite exercícios de curta duração e alta intensidade, pois eles exigem muito do corpo. Se não tiver muito tempo para treinar, uma saída é encurtar o treino e optar por exercícios em circuito, com intensidade moderada.
  • Invista em atividades aeróbicas para ganhar resistência e fôlego.

Deixe um comentário

Sobre Nós

Há 18 anos atuando na manutenção preventiva e assistência técnica de aparelhos de ginastica, nós da Ginastic Shop fomos pioneiros no Brasil, atendendo aos mais diversos mercados de fitness

Posts Recentes

Siga-nos

Ginastic Shop!

Assistência Técnica de Fitness do Brasil

Experiência

São 18 anos de estudos e geração de conhecimento, para oferecer, à nossos clientes, as melhores soluções técnicas e operacionais na manutenção preventiva e na assistência técnica de todas as marcas e tipos de aparelhos de ginastica

Qualidade

Atendimento Personalizado, Conhecimento Técnico e Planejamento nos permitem oferecer excelência na execução de nossos serviços, tornando a relação custo X benefício, um detalhe diante da eficiência alcançada.

Tecnologia

Investimentos permanentes no treinamento de nossos profissionais e na aquisição de máquinas e equipamentos nos permitem oferecer, sempre, soluções inovadoras, em questões técnicas ou no fornecimento de materiais mais resistentes e duráveis.