Blog

História do futebol feminino

Comartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

No Brasil, a primeira partida de futebol feminino foi realizada em 1921, em São Paulo, onde enfrentaram-se os times catarinenses e tremembeenses. Por aqui, a prática só saiu da ilegalidade em 1980 e na Inglaterra, em 1971, por isso, enquanto o futebol masculino crescia mundialmente, o feminino estava estagnado.

Desde sua liberação, a modalidade feminina tem enfrentado resistência devido aos fatores históricos, dificultando ainda mais o progresso.

A primeira Copa do Mundo de Futebol Feminino ocorreu em 1991 e, desde então, foram realizadas sete edições, com os seguintes campeões: Estados Unidos (3 títulos), Alemanha (2 títulos), Noruega (1 título) e Japão (1 título). A partir disso, a equipe Americana e a Alemã se tornaram referência pelo trabalho realizado.

Apesar da influência significativa que o futebol tem em nossa cultura, entre as mulheres o esporte vem se popularizado com o apoio das instituições responsáveis como, Ministério do Esporte e CBF, que têm organizado campeonatos – antes disponíveis somente ao masculino – também para o feminino. Porém, a grande dificuldade é que ainda há pouquíssimos patrocinadores.

O Ministério do Esporte viabilizou a realização de três campeonatos, a partir de 2012: Copas Libertadores da América de Futebol Feminino; Copa do Brasil de Futebol Feminino; Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino.

A copa Libertadores da América, reúne os campeões de cada país da América do Sul, sendo que as equipes brasileiras dominam a competição com seis títulos em sete edições: Santos/SP – 2; São José/SP – 3; Ferroviária/SP – 1; e a equipe do Colo-Colo (Chile) completa o quadro de campeões.

A cada temporada os clubes e campeonatos têm adquirido mais destaque e o crescimento do número de participantes têm levado ao aperfeiçoamento das técnicas e atraído o interesse do torcedor.

O desenvolvimento da categoria entre as mulheres é uma aposta em todo o mundo. As jogadoras, assim como os homens, estão ganhando espaço. Nos campeonatos dos Estados Unidos, da Europa e da Ásia, existem atletas brasileiras de alto nível, como Marta Vieira da Silva, que é a maior artilheira na história das Copas do Mundo de Futebol Feminino.

É notável que o futebol feminino está conquistando o reconhecimento de clubes, atletas e torcedores. A tendência é que os investidores também passem a dar mais valor a modalidade e comecem a investir. Só assim, o futebol feminino poderá conquistar títulos pelo mundo e mostrando que não só os homens são bons de bola.

Deixe um comentário

Sobre Nós

Há 18 anos atuando na manutenção preventiva e assistência técnica de aparelhos de ginastica, nós da Ginastic Shop fomos pioneiros no Brasil, atendendo aos mais diversos mercados de fitness

Posts Recentes

Siga-nos

Ginastic Shop!

Assistência Técnica de Fitness do Brasil

Experiência

São 18 anos de estudos e geração de conhecimento, para oferecer, à nossos clientes, as melhores soluções técnicas e operacionais na manutenção preventiva e na assistência técnica de todas as marcas e tipos de aparelhos de ginastica

Qualidade

Atendimento Personalizado, Conhecimento Técnico e Planejamento nos permitem oferecer excelência na execução de nossos serviços, tornando a relação custo X benefício, um detalhe diante da eficiência alcançada.

Tecnologia

Investimentos permanentes no treinamento de nossos profissionais e na aquisição de máquinas e equipamentos nos permitem oferecer, sempre, soluções inovadoras, em questões técnicas ou no fornecimento de materiais mais resistentes e duráveis.